O OBSERVATÓRIO DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (OPLOP): APRESENTAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO MATERIAL SOBRE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Rafael Assumpção de Abreu
OPLOP – Observatório dos Países de Língua Portuguesa
abreurafa@gmail.com

O objetivo desta comunicação é o de apresentar as atividades e os primeiros resultados do Observatório dos Países de Língua Oficial Portuguesa (OPLOP), priorizando a seção que desenvolve o acompanhamento de São Tomé e Príncipe. O OPLOP foi fundado em 2010,na cidade do Rio de Janeiro, Brasil, vinculado institucionalmente a Universidade Federal Fluminense. Partindo do dado factual de que alguns países -Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Timor-Leste – comungam o mesmo idioma como língua oficial, o português, o Observatório têm como escopo principal produzir e aglutinar informações e interpretações sobre os membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Consequentemente, a intenção é desenvolver e estimular um ambiente propício para a produção de pesquisas e conhecimento a respeito destes países, por meio do diálogo e colaboração com pesquisadores de outros institutos e localidades.

De tal modo, o OPLOP, para a produção de informações e análises, concentra-se em quatro aspectos fundamentais: a) dinâmicas sociais; b) dinâmica política e institucional; c) políticas públicas; d) dinâmicas culturais e intelectuais.

Objetivamente, a divulgação das informações sobre os países envolvidos (no sítio http://www.oplop.uff.br) é realizada por meio da produção de textos semanais. Para a elaboração dos boletins, são utilizados os dados e informações presentes na imprensa nacional e internacional, livros e periódicos – tanto no formato impresso quanto digital. O OPLOP produz também, além dos textos semanais, relatórios mensais sobre países específicos ou temas que permitem uma análise comparativa entre os membros da CPLP.

No caso de São Tomé e Príncipe, que compõe o grupo temático IV, ao lado de Cabo Verde, Guiné-Bissau e Timor-Leste, tal metodologia de trabalho permitiu ao Observatório, até o momento presente, iniciar uma abordagem em alguns aspectos considerados relevantes. De um modo geral, os textos semanais sobre São Tomé e Príncipe perpassam os seguintes temas: o legado do colonialismo e do processo de libertação nacional; a construção do Estado e de suas instituições políticas; associativismo e cultura; relações no âmbito internacional. Assim, o material produzido aborda, especificamente, os seguintes temas: questões constitucionais, centralização e autonomia; as relações entre o Executivo e o legislativo; partidos e eleições; a implementação de políticas públicas, como saúde e educação; questões do mundo do trabalho e sindicatos; eventos culturais; cooperação e ajuda internacional.

Keywords: Observatório dos Países de Língua Portuguesa, informação, pesquisa, São Tomé e Príncipe

Biography note: Mestre em ciência política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ) e doutorando no IESP-UERJ (Instituto de Estudos Sociais e Políticos- Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Membro do Observatório dos Países de Língua Oficial Portuguesa (OPLOP), na função de pesquisador permanente da equipe que acompanha Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Timor Leste.

Advertisements